6 dicas de compras para facilitar o Natal na sua drogaria | Universidade da Farmácia

6 dicas de compras para facilitar o Natal na sua drogaria

O Natal é a principal data comemorativa do varejo, visto que pode ter chances de grandes ganhos (as vendas tendem a triplicar nesse período). Devido à tradição de presentes e comemorações com bebidas e comidas, as festas natalinas, mesmo com a pandemia, prometem um comércio agitado com as pessoas indo às compras ao longo do mês de dezembro.

A vantagem disso envolve o 13º salário que os trabalhadores já receberam, o que já é um impulso natural para o consumo. Então, esse artigo quer ajudar você a se planejar para esse período, tendo excelente lucratividade na sua drogaria:

1.    Quem é seu público?

Converse com seu público, faça pesquisas formais e informais para mapear seus hábitos de consumo de mídias, produtos e serviços, desejos e necessidades. Após isso, crie a figura fictícia de um cliente ideal e suas preferências e busque atendê-las, praticando nos clientes reais.

Dica: procure pela ferramenta mapa da empatia.

2.    Como é sua decoração?

Enfeitar chama a atenção e atrai o cliente para dentro da loja. Mas que tal ousar um pouco e ir além de uma simples e tímida árvore de Natal? Foque em experiência e pense como criar sentimentos de alegria e acolhimento nesse período.

No entanto, não se esqueça de ser funcional e fazer com que o cliente não fique perdido. Afinal, a jornada de compras precisa fazer sentido dentro do estabelecimento.

Não apenas isso, os canais digitais ganharam força com a pandemia e devem ser vistos como parte da jornada do cliente que chega até sua loja. O Estudo global “Back to Business, Holiday Edition”, realizado pela Visa em oito mercados ao redor do mundo, incluindo o Brasil, apontou que 54% dos brasileiros entrevistados vão realizar a maioria das compras de final de ano no comércio eletrônico. A pesquisa mostra, que apesar da crise, 89% dos brasileiros pretendem fazer compras de Natal, sendo que a maioria (58%) deve optar por apoiar o comércio de bairro e por concentrar mais da metade das compras nesses tipos de estabelecimentos, seja de forma presencial ou online.

Dica: dê uma atenção especial a sua vitrine digital e off-line.

3.    Como é seu atendimento?

Se você quer ter uma equipe, crie o sentimento de time. Que tal uniformizar todos para esse momento tão especial? Não só isso, prepare-os para serem mais que balconistas de drogaria, mas vendedores.

Não obstante, o aumento da demanda na loja pode indicar a necessidade de mais colaboradores, ainda que temporários. Como será o treinamento deles?

Invista em conhecimento de todos os atendentes para que eles possam resolver os problemas com agilidade, sem deixar de prestar a devida atenção aos clientes.

Outro fator importante é o alinhamento diário que o gestor deve fazer com o time, sentindo seu ânimo ao longo do dia, dando feedbacks ou orientando o objetivo do dia, como o foco em vendas de determinado produto

Dica: não negligencie os caixas, pois isso pode criar filas e prejudicar a agilidade no fechamento das compras, gerando clientes insatisfeitos e muito abandono de carrinhos. Logo, solucione problemas de maneira rápida.

4.    Como está o seu estoque?

Não adianta atrair o cliente para a compra e não ter o produto para a venda. Concentre-se em produtos da curva A, aqueles formadores de opinião e que tem mais saída nesse período.

Além disso, analise o desempenho dos natais anteriores e veja quais foram os produtos com maior e menor saída e sempre se pergunte: o que mudou no comportamento do público de ano após ano?

Dica: no dia a dia, ande pela loja e identifique o que precisa ser reposto, o que já está em falta ou com poucos itens no estoque. Pense também na otimização da localização de produtos nas gôndolas e prateleiras.

5.    Que tal uma promoção?

Em época de “amigos secretos”, a procura por presentes com bons custos-benefícios aumenta. Essa é uma excelente oportunidade para renovar o estoque com promoções, normalmente na entrada da drogaria, para chamar a atenção.

Dica: invista em pacotes para presentes diferenciados, que identifiquem a sua farmácia para além da linha dos medicamentos. Por exemplo, se for um item de perfumaria, por que não embrulhar para presente?

6.    Qual será o horário de funcionamento?

Datas especiais pedem horários alternativos para atender à demanda. Inclusive finais de semana, principalmente o que antecede a véspera do feriado.

Dica: deixe claro os horários de atendimento em todos os canais da empresa, para evitar dúvidas.


Autor: Guilherme Garcia – Analista de Marketing da Universidade da Farmácia

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *